4 de jun de 2011

Livro: House of Night - Tentada

Por Déborah Kretli


Titulo original: Tempted
Lançamento: 2010
Editora: Novo Século
Autoras: P. C. Cast e Kristin Cast
Tradução de: Johann Heyss

"Depois de tanta agitação, Zoey bem que merecia uma descanso. Mas não há tréguas na Morada da Noite. Lidar novamente com três caras ao mesmo tempo, não é um alívio para o estresse, especialmente quando um deles é um guerreiro tão sexy e tão dedicado em protegê-la, que é capaz de sentir suas próprias emoções. Aprodite tem novas visões que alertam Zoey para ficar longe de Kalona e de seu obscuro fascínio, mas mostram também que ela será a única com poderes capazes de interromper um mal imortal. Logo se torna óbvio que Zoey não tem escolha: se ela não for ao encontro de Kalona, ele se vingará, e justamente nas pessoas que ela ama. Mas ela terá coragem para fazer o que deve ser feito, a ponto de sacrificar sua vida, seu coração e sua alma? Descubra neste sexto livro da série House of Night."


Já vou avisando que neste livro eu chorei muito no final.
Estam todos se recuperando das últimas batalhas contra Kalona quando ele ataca novamente e Zoey tem que "catar os pedaços" da turma e ir para Veneza se apresentar perante o Conselho Supremo para enfrentar Kalona e Neferet.
Porém, para fazer essa viagem ela tem que deixar Vovó Redbird aos cuidados das freiras e a Morada que começa a se reconstruir depois da saída da antiga Grande Sacerdotisa.
Nesta viagem muitas coisas vêm a tona. O desejo da Zoey por Kalona é cada vez maior e mais difícil de ser controlado, e isso quase acaba com seus argumentos para o Conselho.
Verdades sobre Kalona são expostas para Zoey e isso a confunde até que ele faz uma coisa imperdoável...
E é aqui que eu choro pra sempre.
Este livro é o mais esclarecedor, pois ele conta a história do Kalona, confesso que até as últimas páginas do último capitulo me simpatizo por ele e começo a entendê-lo, mas depois ele realmente joga toda essa compaixão que criamos por ele no lixo e isso me deixa muito triste porque eu estava começando a entender e a imaginar o fim da história, mas aí acontece essa reviravolta e bagunça tudo outra vez.
Eu juro que tento me conformar com a capa brasileira mais não consigo. Não diante dessas capas americanas.
Mas é isso, com o selo de aprovação do Luz, câmera, ação e... CORTA! Aproveite a leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário