13 de dez de 2011

Coisas que escrevo...

Olá pessoal,
Quero compartilhar com vocês umas coisa que eu escrevi. Pois eu não sou aquele tipo de garota que escreve todo o tempo coisas bonitas, mas quando eu pego para escrever sai coisas do tipo:

As vezes

As vezes eu fico a pensar
Se vale a pena te esperar
Se vale a pena sofrer
E chegar no fim sem mais te querer

As vezes acho que sem você
Não poderia mais respirar
Não poderia mais viver
Não poderia mais me controlar

As vezes procuro o motivo
O motivo para tanto sentimento
Você chegou sem avisar
E me deixou em estado de te amar

As vezes eu fico a pensar
Se deveria parar de lutar
Se deveria me render assim tão fácil
E construirmos juntos um final feliz...

E coisas do tipo:

Caro Príncipe Encantado,
Eu fico me perguntando onde você está. Se você já passou por aqui e te deixei passar...
E se você não veio ainda, me iludi algumas vezes pensando que era você.
Quero que saiba que não espero que você venha vestido a caráter num cavalo branco, esse tempo já passou. Também não espero que você apareça como algo sobrenatural com um segredo que mude minha vida, isso é surreal demais.
Não espero que você seja perfeito, pois, ao meu ver não terá defeitos, mas sim manias que eu aprenderei a conviver.
Espero apenas que você venha e me conquiste sendo você mesmo, assim como eu espero te conquistar.
Não precisa ter riquezas materiais, só uma alma rica de valores e sentimentos, não que seja sentimental, apenas capaz de amar e respeitar o próximo.
Não quero uma vida perfeita, mas sei que ao seu lago estarei bem perto disso. Não quero que sejamos sempre um mas de rosas, teremos espinhos, mas seremos capazes de curar as feridas um do outro causadas por eles.
Não quero um destino pronto, um futuro certo. Quero construir um pouco dele a cada dia. Não quero uma história pronta, quero escrever nosso próprio livro, como nossa própria história.
Olhando assim parece que estou sendo exigente, mas se você for o MEU Príncipe Encantado isso tudo vem naturalmente.
Só espero que você não demore muito mais, pois não quero ficar me desgastando com relações que não são meu futuro.
Espero que fique bem, onde quer que esteja.
 
                                              De sua amada, um beijo.  
Déborah Kretli. 


Juro que não sei de onde vem tanta inspiração. Mas quando bate uma vontade de escrever é isso que surge no papel.
Espero que tenham gostado!

6 comentários:

  1. *-* Meu favorito foi a carta ao príncipe encantado! Como diria Stella, ficou maragold ♥ Quero muito, own DDD:

    Rachel Lima - Corujando

    ResponderExcluir
  2. Sabe, Débora, eu acho que ao invés de esperar pelo príncipe a gente corre atrás e encanta ele na marra!
    Bjokk,
    cármen.

    ResponderExcluir
  3. Pode deixar Cármen, essa carta é só um aviso.
    Mas mesmo assim eu ainda não o encontrei para encantá-lo, e nem acho que vai ser na marra...
    Mas obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  4. Que Liindo!!
    Amei a carta para o Príncipe Encantado!
    Posso Copiar? hehe

    A inspiração vem da alma, é de berço, nascemos assim, só precisamos deixar sair tudo o que está dentro de nós ^^

    Um beijo :*

    ResponderExcluir
  5. Gatinha, quanta inspiração! Adorei como você levou a história. Parabéns! *-*

    ResponderExcluir
  6. O primeiro é mais "pessoal" (talvez eu posso dizer assim) Foi a maneira encontrada pra tentar se "desvencilhar" de sentimentos.. O segundo também é basicamente isso, só que mais "literário" e menos "pessoal", mais "conto" e menos "realidade" (pela forma em que foi escrito) .. É a sua vida em ambos, é o seu sentimento colocado lá, foi a maneira que você encontrou de demostrar o que sente.. Sou apaixonada com os dois e por mim você continuaria escrevendo .. kkkkkk (Adoraria te uma amiga escritora, poeta.. hsauhsaushauhsauh)

    Andreza Silva
    http://vivendoeescrevendosempre.blogspot.com/
    Beijos.

    ResponderExcluir